Poesias e Mensagens Virtuais

Mensagens de Lobinha

Todo o meu amor

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Depressiva

Todo o meu amor
Alex Yuri



Já disse como te amo hoje?
Amar... amor.. o que é amor?
Dizem que existem inúmeras formas de amar



Amar como irmão, amar como amor, amar como amigo...
Todos eles já passaram pelo meu coração...
Em minha vida...
E muitas vezes me perguntaram:
Você me ama como?



Hoje amar é sinônimo de gostar
Gostar virou sinônimo de curtir
E curtir virou sinônimo de afeto intenso



O amor perdeu seu significado real
Que é aquele sentimento carnal
Intenso acima de qualquer outro sentimento



Estou aprendendo a ressuscitá-lo
Dizendo para pessoa que eu sinto um afeto intenso que a curto
Pra pessoa que gosto que eu gosto
E para pessoa que amo que realmente a amo



Muitas vezes já disse que amava
Algumas espontaneamente, por felicidade
Algumas por receber um carinho que necessitava
Algumas sob pressão ou obrigatoriamente
Algumas para não magoar
E outras por realmente amar



Às vezes que disse espontaneamente
Foi quando ganhei algo que queria muito,
Quando me proporcionaram ótimos momentos
E muitos risos



As que disse por receber carinho
Foi quando ganhei um abraço,
Um consolo,
Um beijo gostoso na hora certa
Ou um amasso caloroso



Às vezes que disse sobre pressão
Foi para não ferir a pessoa,
Por não ter como fugir do assunto
Ou para tentar saber o sentimento alheio



Às vezes que disse para não magoar
Foi para amigos que dizem eu te amo a todos e esperam a mesma resposta,
Para amantes que te pressionam pra saber o que você sente,
Para um amor que você sabe que quer, mas não sabe se ama



Às poucas vezes que falei por realmente amar
Foi para pessoas a quais dediquei minha confiança
Para pessoas a quais não sabia viver sem
Para pessoas que realmente queria partilhar minha vida
Todos os meus segredos e escrever minha história



Essas poucas pessoas que amei infelizmente perdi
Por culpa delas, por culpa do destino
E até por minha própria culpa



Mas cada uma delas foram especiais pra mim
Diferentes uma das outras tanto aparentemente
Tanto no modo de falar, agir e pensar.
Mas todas elas receberam o melhor
ou pelo menos o máximo que podia dar



Demonstrei várias vezes e não entenderam
Disse várias vezes e não acreditaram
Sentia várias vezes e não notaram
Por isso não deram valor ou não souberam conservar



Por isso hoje não entregarei a ninguém facilmente meu amor...
Talvez por medo... Por receio... Pela duvida... Ou por pura covardia...



Não quero morrer de novo... Cansei de ter que renascer das cinzas
Não sou mais uma garota de sonhar com um príncipe encantado
Ou achar que qualquer cantadinha bem feita pode ser realidade



Então vou viver minha vida
E tentar encontrar a felicidade na vida e não nos braços de alguém
Impossível? Não sei...
Mas vou tentando até que me provem o contrario
E talvez finalmente libertarei da minha alma e do meu coração
Todo o meu amor.


Secret Dreams

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Amor

Secret Dreams
Lobinha Muleka


Como toda pessoa vivo em sonhos
Sem eles talvez não sobrevive-se
Mas há sonhos que podem acabar ou mudar uma vida inteira
Como o meu sonho mais Secreto
Estar com uma pessoa Proibida pra mim


Isso pode parecer até brincadeira
Mas infelizmente não é
Estou mesmo te amando
E quero uma vida inteira com você
Custe o que custar
Aconteça o que acontecer


Isso parece ser mais uma confusão minha
Mas a quem estou querendo enganar
Estou mesmo amando você


A mente de um ser humano é muito complexa
Quando apaixonado incompreensível


Fantasma de você

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria:

Fantasma de você
Alex Yuri


Algo invade meu quarto,
meus pensamentos,
e mais íntimos desejos
que nem eu os conhecia


Fecho meus olhos
sinto um ar gelado invadir meus aposentos...
Sem pedir permissão,
ele invade meu corpo


Como obra do destino,
sinto o teu cheiro,
o calor de teu corpo
e a sua imagem finalmente fica nítida


Indago a ti o que fazes aqui
a atormentar o meu descanso.


Sem dizer uma palavra sequer
sobe em minha cama
senta em meu colo
e todas as respostas aparecem
sem eu sequer ouvir uma palavra


Banhado pela luz da lua
aprecio o teu corpo nu
Cada curva ainda virgem
Esta a deslizar sobre meu corpo


Cabelos longos, seio fartos,
Pele branca e Pernas grossas
Me lança um olhar profundo e exigente
Algo perverso e inocente


Acho que é loucura
ou apenas só mais um sonho
Mas quando toco os teus lábios
Já não quero saber o que é ou não realidade


Seu perfume invade minha alma
Seu calor envolve meu corpo
Sua respiração me enlouquece
Abandono então minha razão e juízo


Componho o nosso ato,
como se fosse a mais celebre sintonia.
Invado seu corpo,
Como se tivesse o mais profundo segredo.
Descubro teu sexo
e mostro a ti toda minha devoção


Gritos, gemidos e sussurros...
Horas intermináveis de prazer e sedução
Chego ao limite de minha paixão
e desfaleço em teus braços


Acordo eufórica a sua procura em meus braços
A toa a chamo, a toa são minhas lágrimas
Imploro uma uma resposta...
A razão me informa:
Ela não vai voltar


Então me lembro que me deixaste
sem ao menos dizer adeus
a muito tempo atrás
para nunca mais voltar


Mas então com quem passei a noite?
Quem invadiu meu quarto?
Quem desvendou meus segredos mais íntimos?
De quem é este perfume que ainda embala meu corpo?


Será que foi um sonho?
Apenas uma ilusão de minha mente doente?
Não, tudo foi realidade
Apenas passei uma noite
com um fantasma de você


Solidão (fica comigo esta noite)

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Depressiva

Solidão (fica comigo esta noite)
Alex Yuri


De vez em quando me sinto um pouco solitária
De vez em quando eu fico cansada das minhas deprês
De vez em quando eu vou até o fundo do poço
E quase sempre caio aos pedaços,
E eu mesma tenho que juntar



As vezes eu sonho com alguma coisa louca
E depois percebo que nem é tão louca assim
As vezes fico um pouquinho furiosa comigo mesma
Com medo de me entregar a minha carência



Então vejo nos seus olhos
E vejo a mesma coisa que atormenta minha alma
Sinto vontade de tocá-la
Mas não sei no que isso irá levar



De certa forma preciso de você
Da sua voz ou da tua simples presença
Me livrei de tudo que precisava
Só pra consegui estar com você



Não sei até quando isso irá continuar
Não sei se isso esta realmente correto
Mas acho nunca estaremos erradas
Enquanto houver sinceridade entre nós



'Era uma vez' eu estava apaixonada,
Hoje eu não sei onde está mais o amor
Não há nada que eu possa fazer,
meu coração assinou a rendição.



'Era uma vez' havia luz na minha vida,
Mas agora existe apenas vagalumes escuridão.
Nada que eu possa dizer para mudar isso,
Estou nos braços da solidão.



De vez em quando percebo que você nunca foi o que achava que você era.
De vez em quando percebo que eu não sou o que você queria
Hoje eu sei que não existe ninguém no mundo serviria pra mim sem ser você
E já percebi que é isso mesmo que você queria e nem entendo porque disso



Mas eu preciso de você esta noite,
Quero o teu carinho mais do que nunca.
Se você apenas me segurar forte
Nós ficaremos persistindo para sempre,
E nós estaremos apenas fazendo o correto,
Pois nunca estaremos errados enquanto ficarmos juntos



Nós podemos agüentar até o fim da paixão
Seu corpo é como uma sombra sobre mim o tempo todo,
Eu não sei o que fazer e estou sempre no escuro.



Eu até achava que estava me apaixonando,
Mas agora percebo que estava apenas caindo aos pedaços.
Agora existe apenas amor na escuridão.
Não há nada que eu possa fazer,
A chama em meu coração se apagou.



Jogo do amor 4

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Amor

Jogo do amor
Lobinha Muleka


Reapareceu na minha vida
Foi entrando como se já soubesse tudo
Começou seu jogo
e não pensa em parar


Diz tudo que eu preciso ouvir
Mostra tudo que eu quero ver
É tudo que eu desejo
Estou entrando no seu jogo


Tenho medo de pisar na casa errada
Tenho medo de ser só mais um pião
Tenho medo de perder mais do que já havia perdido
Tento sair do jogo


Suas palavras me imobilizam
Seu jeito me deixa sem graça
Sua dor se confunde com as minhas dores
Enfim... Já estou no jogo e não vou sair


Sinto falta

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Saudade

Sinto falta
Lobinha Muleka


Sinto falta do vento que soprava
Sinto falta do céu nublado
Sinto falta da textura do portão...
E até mesmo da sua porta


Sinto falta do seu sorriso alegre
Sinto falta do seu rosto envergonhado
sinto falta do seu olhar observador
E até mesmo da maneira que me trata


Sinto falta da sua massagem
Sinto falta do seu carinho
Sinto falta do seu abraço
E até mesmo da maneira que me toca


Sinto falta dos teus beijos
Sinto falta das suas mordidas
Sinto falta dos teus arranhões
E até mesmo de sua respiração


Sinto falta de tocar seu corpo
Sinto falta de provar seu sabor
Sinto falta de sentir o seu cheiro
E até mesmo desejo que tudo aconteça de novo


Nostalgia 1

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Depressiva

Nostalgia
Lobinha Muleka


Eu recordarei todos os momentos
Mesmo se você não quiser
Chamarei você aos 4 ventos
Porque sei que não responderá
Estarei com você dentro de mim
Mesmo sem você notar


Se estarei vivendo com ilusões
Se estarei inventando suposições
Se estarei criando fantasias
Se estarei mentindo pra mais fria realidade
Não me importaras mais
Porque terei o que me faz viver


E você irá se esquecer de mim
Enquanto rostos, canções e estrelas
Me lembrarão você
E será bom mesmo assim
Pois o amor e a dor tem o mesmo gosto
E o mesmo poder de sedução


Eu somente gostaria
que os dias passassem rápido
E tudo que lhe disse
que com o vento se fosse
E sonharei todos os dias com todo o carinho e atenção
que só você soube me dar
E despertarei em toda madrugada fria
Com a triste realidade que era somente um sonho


Um sonho que aconteceu
Um sonho que foi real
Um sonho que me fez renascer
Um sonho que com minha alma detestável,
De tão grande e puro que era,
Não havia como trazer a minha verdadeira realidade


Planos

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Reconciliação

Planos
Lobinha Muleka


Acordei já com vontade de dormir
Só de pensar no que iria encarar hoje
Me vesti já pensando em quantos calmantes iria tomar
E finalmente sai depois de tomar uma aspirina


Almocei já com pressa
'Se for pra acontecer, que seja logo'
quase engasguei de ansiedade
E em vão procurei um calmante


Saí de casa tremula
Praticamente sem ar
De tão desnorteada que eu estava
Até perdi o 1º ônibus


Sentei no ônibus e pensei
'como me livrarei dessa?'
Arquitetei mil desculpas na cabeça
Até pensei em desviar o olhar para me esconder
Falava no ar frases ensaiadas que iria dizer
Ou até as possíveis respostas para as possíveis perguntas


Então desci do ônibus
Tentei me distrair enquando lhe aguardava
Já imaginei uma ótima desculpa:
'vou dizer que estou atrasada, pego o livro e vou-me embora'


Mas então você me aparece
Ainda mais belo
E abre o mesmo sorriso de sempre
Enfim... estragou tudo!


Carregando