Poesias e Mensagens Virtuais

Recomeço 2

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Reconciliação
Recomeço

Tudo o que é visível é falível e está sujeito à queda ou a ser destruído.
As coisas que são vistas passam.
Somente as invisíveis são eternas.

Todos nós estamos sujeitos às quedas, tombos e tropeços em nossas vidas.


Tudo aquilo que construímos, mesmo que debaixo de muito sacrifício, pode ser corrompido e é por isso que temos que ser vigilantes. Nossos relacionamentos, amizades, negócios, carreiras, obras podem ser destruídos. As únicas coisas que temos e que não passam são as divinas.

Nossas vidas são a junção de vários esboços e rascunhos, é como desenhar sem borracha. Tem muita folha ainda em branco pela frente, por isso, pare com as lamúrias se você está em um processo de reconstrução. Sorria, alegre-se, pois você está renascendo, revivendo. Por vezes, precisamos passar pelo choro, pelas lágrimas da destruição, do desfazer, do desconstruir, para vivermos a alegria do reviver.


Reconstruir nos dá a oportunidade de repensar sobre nossas posturas e reavaliar nossas condutas.


Às vezes é melhor cair que tropeçar, pois a queda nos dá a oportunidade de rever o caminho e a caminhada. Faz-nos parar. O tropeço muitas vezes não consegue levar-nos a um estado de reflexão, mas só de reclamação. Às vezes, tropeçamos, nos recompomos e continuamos na mesma jornada, no mesmo caminho, da mesma forma, sem nos permitirmos à chance de repensar, reavaliar.



O fracasso de alguém não está na queda e sim em permanecer caído.
Levante-se.
Essa é a hora.
Chorou, esmurrou, sofreu com a perda, com a queda, com a interrupção do sonho?
Pois é hora de se erguer, de prosseguir, de retomar a caminhada em outro caminho, ou de retomar o caminho com uma nova caminhada. Mas é imprescindível que se erga. Que saia deste estado.

Tenha consciência dos fatos e motivos que levaram à queda, à destruição, pois é necessário reconhecer todos estes fatos e motivos como erros, como desacertos. Você não pode ser complacente, inventar desculpas, ou tentar justificar os porquês. Admita. Aconteceu!!!



Crie em sua mente uma atitude de repulsa a isso, de vergonha, de repúdio, de raiva. Algo que lhe impulsione a mudar o quadro. Se você criar em si mesmo conformação, você cairá no poço da acomodação, da satisfação. E isso pode te deixar no chão.


Estabeleça o novo plano, o plano de reconstrução. É preciso definir as novas bases, os novos caminhos, os novos ingredientes da obra, das relações, dos negócios, enfim, daquilo que foi destruído para que você possa agir, empreender esforço e despender energia.

Compromisso de hoje: Vou me levantar e continuar minha caminhada! Nasci para caminhar, para prosseguir, para viver, e não para parar

Carregando