Poesias e Mensagens Virtuais

Escravidão e desamor

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Pessoa

Escravidão e desamor


Sidney Alves das Virgens




Por meio da escravidão
Sofriam os nossos afro-descendentes
Com péssimas condições de vida
Eram traficados para fora do próprio continente

Os seus valores eram a preço de aguardente
Eram trocados por armas e tabacos
Não eram considerados como gente
Eram aprisionados e com brasas ferrados
Como se fossem gados sendo marcados

Transportados através dos navios
com espaços reduzidos e calor insuportável.
Ao chegarem aos seus destinos
Eram mais uma vez aprisionados
De um modo miserável

E ali leiloados e vendidos
castigados nos serviços
Trabalhando nos engenhos e plantações
E aos seus proprietários fazendo riquíssimos

Cada vez mais tristes
Sob fiscalização dos feitores
Trabalhando em média quinze horas por dia
Por causa de tantos sofrimentos...
Suicídios.

Mas querendo ser livres
Rebelavam e agiam com violência
Incendiavam as plantações e produções
Desejando a liberdade com muita insistência

E com persistência
Negociavam com os seus senhores
Para que eles tivessem consciência
Dos seus desamores.

 

Carregando