Poesias e Mensagens Virtuais

Mensagens de Paz

Anoiteceu

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz


A noite chegou.



E, Deus me deu o privilégio de;
Contemplar o céu, as estrelas a lua.
Quando existem tantos que nada podem ver.
Deus que criou o céu, e a terra, eu não tenho palavras para agradecer, tanta felicidade que me proporciona.
Marcia Bragagnolli.


Nesse dia dos pais

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz


Nesse dia dos pais


Eu queria que meu pai amado e querido estivesse aqui e agora me confortando com suas palavras... com seus afagos... me fazendo companhia e dando conselhos sobre os ensinamentos da vida.


Porém, quis “Deus” e o destino que ele se afastasse de mim para sempre, para me tornar um bom homem... um bom exemplo... um bom marido... um bom companheiro e um ótimo pai para meus filhos.


O papai se foi de junto de “Deus” e aqui deixou lembranças e recordações que ainda são revividas por mim como se fossem reais e verdadeiras.


São fatos e histórias que resistem ao tempo, e ajuda confortar meu coração e minha alma nos momentos de tristeza, solidão e necessidade.


Dos exemplos e ensinamento que papai deixou nesse mundo.


Ficou o legado de respeitar, para ser respeitado.


Compreender, para ser compreendido.


Amar, para ser amado.


Mas na vida não somos como nossos pais, e nem sempre temos a sorte que desejamos ter, ou destino de quem quer respeitar, compreender e amar.


Eu não tive a sorte que desejei e nem o destino que sonhava ter.


Eu não aprendi as lições que papai tentou me ensinar, e hoje sou um homem desiludido, triste e amargurado.


Como bom homem nada tenho para acrescentar.


Como bom exemplo, estou sendo um hipócrita em não entender o que aprendi com a vida.


Como bom marido e companheiro, me tornei num homem duro, ciumento e incompreensível na hora de compreender a mulher amada.


E como ótimo pai para meus filhos; deixei a desejar ao me recusar aprender aquilo que papai quis me ensinar com seu legado antes de se juntar com “Deus Pai”.


Papai se foi.


Aqui estou eu, querendo entender porque fui ser tão cruel ao não reparar o erro que cometi, e ainda deixar a amada esposa e filhos partirem para o lugar que não queriam estar a não ser do meu lado.


Nesse dia dos pais.


Eu choro por não ter respeitado com deveria respeitar.


Compreendido quando deveria compreender.


E amado quem sempre me amou sem regras ou limites na hora que mais precisou ser amada.

Ladrão de vidas

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz

Ladrão de vidas
Autor: Beto Rocha

Gritos na madrugada,
Gemidos de vidas
Sem piedade
Nem escrúpulos
Cidade que não fala
Que fecha os olhos
Para não ver
Um corpo jogado no chão,
Criminosos da noite
Num campo de concentração
Tramas e roubos,
Roubos de vidas e consciências
O silêncio prevalece
Punhos de ferro,
Assaltantes sem máscaras
Roubando dinheiro
Manchado com sangue inocente
Mãos que matam,
Assaltam e espancam
Monstro com motosserra,
Choro e agonia
Triste vida
Ou triste morte?
Sem braços
Nem mais carinhos,
Sem pernas
Nem mais caminhos
Sem palavras
Nem cabeças
Quente máquina fria
Mãos criminosas,
Vidas sem volta
Escolta para a morte
Famílias sem membros
Ninguém vê
Loucuras pelo poder
Direitos comprados
Sem testemunhas
Na calada da noite
Que fazem assembléias
Quem será a próxima vítima?
Cadê a paz
Que não volta mais?
Cadê a alegria
Que não me faz mais companhia?
Ninguém pode matar
Um sonho de liberdade
No silêncio da madrugada. 

Tu és muito importante

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz


Tu és muito importante
Sidney Alves das Virgens

Talvez estejas bastante solitário
Questionando sobre a tua vida
Porque tudo está dando errado
E as pessoas te desvalorizam

Elas não enxergam as tuas qualidades
Nem as coisas boas que fazes
Querem sempre mostrar o contrário
São criaturas de Deus que servem a satanás

Sigas em frente, não olhes para trás
O Altíssimo tem visto as tuas lutas
O quanto tens sofrido e chorado
Ele te usa e vai usar ainda mais

O inimigo tem te envergonhado
Dizendo que não és ninguém
Mas para o Soberano tu és muito importante
Portanto não desista de fazer o bem.

Minha vida

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz

Minha vida
Marcia Bragagnolli

Minha vida tem o calor do sol que nasce lá no alto da montanha, e vem aquecendo Minh´alma. Minha vida tem o brilho das estrelas que ilumina todo meu ser. Minha vida tem a luz da lua que clareia meu caminho nas noites escuras. Minha vida é dirigida por Deus. 

Receita da felicidade 1

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
   Receita de felicidade


Ingredientes:

uma porção dosada de amizade, meia porção de carinho,

 duas porções de amor, uma porção de cumplicidade, 

uma porção bem dosada de esperança, uma porção de compreensão

e mais um pouco de amizade.

misture tudo, leve ao forno do coração, quando estiver pronto,

 distribua entre os amigos. 

Felicidade! 

É que desejo a todos os meus amigos neste natal no ano novo que 

se aproxima e pro resto de suas vidas.

Aos que me amam, felicidades! E aos que me odeiam, felicidades 

em dobro. Que Deus ilumine o coração das pessoas para que elas 

possam se amar mais, ser mais compreensivas umas com as outras 

e amem não só aos amigos, mas também aos inimigos.

 

Você já fez a sua parte

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
   Você já fez a sua parte
Luiz Gonzaga Bezerra

Você já olhou para si mesmo
Pensou que a vida é quase nada
Sem a construção do amor perfeito
Reluzindo nas estrelas sob o mar.

Olhe como Jesus foi ferido
Por ser raio de vida e amor
Mesmo assim seguiu o caminho
Levando sua mensagem salvadora.

Jesus foi, e é luminescência infinita
Não esperou ser compreendido nem ser amado
Fez milagres, espalhou o amor e curou vidas
Morreu por nós em uma cruz crucificado.

E você! O que espera? Já fez sua parte,
Já doou seu amor em forma de dádiva
Já perdoou sem esperar ser perdoado
Como Jesus que amou sem esperar se amado...

Marca da promessa

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz
   Marca da promessa

Se tentam destruir-me zombando da minha fé
E até tramam contra mim
Querem entulhar meus poços
Querem frustrar meus sonhos e me fazer desistir
Mas quem vai apagar, o selo que há em mim
A marca da promessa, que Ele me fez
E quem vai me impedir, se decidido estou,
Pois quem me prometeu é fiel pra cumprir
O meu Deus nunca falhará, eu sei que chegará minha vez
Minha sorte Ele mudará, diante dos meus olhos
(repete toda)
Prepara-me uma mesa na presença dos meus inimigos
Unge minha cabeça e o meu cálice faz transbordar (2x)
Mas quem vai apagar o selo que há em mim
A marca da promessa, que Ele me fez
E quem vai me impedir se decidido estou,
Pois quem me prometeu é fiel pra cumprir
O meu Deus nunca falhará, eu sei que chegará minha vez
Minha sorte Ele mudará diante dos meus olhos (3x)Se tentam destruir-me zombando da minha fé
E até tramam contra mim
Querem entulhar meus poços
Querem frustrar meus sonhos e me fazer desistir
Mas quem vai apagar, o selo que há em mim
A marca da promessa, que Ele me fez
E quem vai me impedir, se decidido estou,
Pois quem me prometeu é fiel pra cumprir
O meu Deus nunca falhará, eu sei que chegará minha vez
Minha sorte Ele mudará, diante dos meus olhos
(repete toda)
Prepara-me uma mesa na presença dos meus inimigos
Unge minha cabeça e o meu cálice faz transbordar (2x)
Mas quem vai apagar o selo que há em mim
A marca da promessa, que Ele me fez
E quem vai me impedir se decidido estou,
Pois quem me prometeu é fiel pra cumprir
O meu Deus nunca falhará, eu sei que chegará minha vez
Minha sorte Ele mudará diante dos meus olhos (3x)

Muito obrigada! 2

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
src=http://www.mensagensvirtuais.com.br/cartoes//Smiles/alegria62.gif  Muito obrigada! 
                        Socorro Rodrigues

                         Eu te agradeço.
                         Pelas horas que tu me acolhes,
                         Por você ser meus ouvidos,
                         Entender meu desabafo,
                         E acreditar em mim.
                         Muito obrigada por tudo....
                         Sejamos sempre assim, 
                          NÓS, para formarmos UM SÓ.
                          MINHA FAMÍLIA, BERÇO SAGRADO DO MEU CORAÇÃO.
                                                                                         

Consciência cósmica: o bem absoluto

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
Consciência cósmica: o bem absoluto
Hideraldo Montenegro

Ora, se admitimos (e dizemos puder constatar) que existe um bem
absoluto (entendendo-se, natural e obviamente, absoluto como
invariável – infinito e eterno), então, assim como o tempo e o espaço,
o mal é relativo. Sendo assim, o mal só acontece temporariamente no
tempo e espaço e, consequentemente, não pode ser absoluto, pois, se o
bem é absoluto, o mal também não pode igualmente ser ou vice-versa. Ou
seja, neste caso, o mal jamais será eterno.

Enfim, ou o bem é absoluto ou o mal o é. Se o bem é absoluto, esta sua
condição elimina automaticamente um provável estado absoluto do mal.
Se Deus (ou uma inteligência superior que denominamos assim) é
absoluto, origem de todo bem, então, não pode existir opostamente um
mal absoluto e, muito menos, um comandante supremo do mal. Afinal, o
absoluto não pode ser fracionado.

Se partirmos da premissa de que o bem é absoluto, então, o mal não
pode ter permanência nem sobrevida nos planos espirituais nos níveis
superiores (de consciência), portanto. A escuridão é a ausência da
consciência, bem como, a presença da consciência é o seu oposto, a
luz. Isto implica deduzir que não existe o mal absoluto nos planos
espirituais (da mente pura ou absoluta). Sendo assim, não pode
existir, por exemplo, um "senhor das trevas", comandante supremo do
mal, apesar de toda crença que afirme tal existência.

O dualismo só aparece quando o absoluto se manifesta no universo da
relatividade. Ou melhor, quando a consciência enxerga o absoluto de
forma fracionada, submetida que estar às referências do tempo e
espaço.

Evidentemente que, neste caso, podemos supor que não existem nem bem
nem o mal absolutos. Paradoxalmente, contudo, não existindo o mal
absoluto também podemos afirmar então que há um bem absoluto
justamente por não existir um mal absoluto. Afinal, a ausência de um
faz com o que o outro exista.

A polaridade é o princípio básico de toda e qualquer manifestação. A
polaridade ocorre na referência presença e ausência. Consideramos
positivo ou negativo tal ou qual condição.

A presença de algo indica a ausência do seu oposto ou vice-versa.

A escuridão, por exemplo, é apenas a ausência da luz. A escuridão
representa a inconsciência e a luz, a consciência. Sabemos que a
consciência manifesta apresenta vários níveis. Situamos o mal e o bem
nos extremos opostos destes níveis.

Esta oposição bem x mal é resultante da consciência (presença) ou de
sua falta (ausência). Ou seja, o dualismo existe em virtude da
oposição conhecimento x ignorância.

Dizemos que o mal é a falta de consciência, ou seja, é resultante da
ignorância e que o bem é justamente o contrário, o conhecimento (ou
consciência). Mais adequado é a palavra oriental para tal condição da
apreensão do conhecimento: iluminação.

O mal, portanto, é a ausência do bem. Como disse o filósofo grego
Sócrates, a ignorância, é a raiz de todo mal. Usando uma alegoria, o
escuro (a ignorância) existe até que a luz (o conhecimento) o elimine.

O maior impedimento ao conhecimento, ou seja, a expansão da luz é a
crença.

A crença, portanto, em demônios, por exemplo, não passa de fruto da
ignorância. Bom lembrarmos a Idade Média e as fogueiras da
inquisição.

O melhor exorcismo, que eliminou de vez nas pessoas de bom-senso a
crença em demônios foi feito por Galileu Galilei, Nicolau Copérnico,
René Descartes, Isac Newton, Francis Bacon, etc, na Idade Moderna,
através do conhecimento, apesar desta tolice resistir até os dias de
hoje, obviamente amparada pela ignorância.

Enfim, onde existe o bem não existe o mal.

Bom lembrarmos as palavras de Osho:

"A primeira coisa que te será revelado, se meditares sobre as trevas,
é que as trevas não existem, não têm qualquer existência. É mais
misteriosa as trevas do que a luz, e não têm absolutamente existência
– pelo contrário, não passa de ausência de luz".

Em outras palavras, se existe um Deus absoluto, então, não pode
existir uma sua oposição, por exemplo, como o diabo.

Sendo absoluto, tudo é Deus e Deus é tudo.

O que, neste caso, dizemos ser um mal, trata-se de uma violação das
Leis Cósmicas (as leis naturais) e suas consequentes reações
negativas. Ou seja, o mal é uma desarmonização, ou melhor, o bem
opostamente é a harmonia com os princípios absolutos, a Consciência
Cósmica, divina. Em outras palavras, o mal está na inconsciência e
existirá até quando a tomada de consciência o elimine de vez.

A conclusão deste raciocínio é de que o diabo representa
alegoricamente apenas a falta de consciência (a ignorância) e, assim,
de fato não tem nenhuma existência efetiva. Afinal, Deus (ou a Mente
Cósmica) sendo onipresente, onisciente e onipotente já encerra em si a
verdade última de todo universo, sua origem e fim. Portanto, a partir
desta premissa, não pode existir nenhum tipo de fragmentação desta sua
essência: a Consciência Cósmica (a Consciência de Deus), toda pureza,
toda bondade, eterna e infinita.

E, não há melhor e mais significativa palavra para designar o
despertar da consciência do que "iluminação", quando, enfim, a luz
elimina de vez toda maldade e toda obscuridade, promotora de todos os
males humanos.

O pombo

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
O pombo
Hideraldo Montenegro



 
Um homem sentado numa praça
de Curitiba, São Paulo, Recife, Londres...

Aquele homem é o mesmo
em todas as praças do mundo?

Um homem pousa num banco
e seus pensamentos voam igualmente

como o pensamento de todos os homens
sentados numa praça qualquer

Eis um homem pousado voando
pelo mundo

Esse homem é um pombo
Esse homem é a paz

Será por isso que existem praças
para os homens pousarem
e soltarem as suas asas?

Era uma vez... 4

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz

Era uma vez...
Rosalina Assis

Era uma vez...
Um mundo de paz, amor e união.
Onde a humanidade, tinha muito
amor no coração.
Um mundo onde as crianças eram amadas,
protegidas, e nunca abandonadas.
Era uma vez...
Um mundo perfeito.
Onde todos tinham direito a educação de
qualidade, a saúde e alimentação.
Onde todos eram tratados como pessoas de
verdade.
Era uma vez...
Um mundo, onde não havia desigualdade social.
Não havia preconceitos religiosos,nem preconceito
racial.
Pena que este mundo só exista em meus sonhos,
E não seja um mundo real.   

Paz 17

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz

Paz
Rosalina Assis

Como é triste ver a intolerância do ser humano.
Não conseguem viver em paz; aceitando as diferenças entre os povos.
Triste decadência da humanidade!
Vivem guerreando,muitas dores e sofrimentos causando.
Até quando, pessoas inocentes pagarão com suas vidas, pelos erros de seus governantes?!
Tantas lágrimas, tanto sangue derramados...
E pra que?!
è essa maldita luta pelo poder, causando sempre muita dor e destruição.
Essa imbecil rivalidade, matando, mutilando; em nome de um ideal insólito.
Quantas vidas ainda serão sacrificadas?
Até que possam entender, o verdadeiro sentido da palavra PAZ.


  

Coração 34

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz
   Coração
Cecília Kaezer

Em busca de algo suficiente para suprir as necessidades do ser humano seguiu-se por caminhos perigosos onde a maldade era surpreendente, uma felicidade de dar medo, parecia uma longa viagem que não teria fim. a alegria de momentos; o coração iria saltar do peito para fora buscando aconchego e calor, o desespero era tanto que procurava alguém para entra e morar, buscando a paz  e a alegria. 
 Muitos dias se passaram num poço de incompreensão, de maus tratos, de palavras estúpidas e destruidoras, achava-se sem saída , doía muito o saber da desilusão, da decepção. 
Parou por alguns instantes para descansar; no pensamento surgiu algo que lhe agradou e começou a pulsar novamente!  Que alegria, que felicidade surgiu de alguém que realmente trouxe a felicidade; só não a tem quem não quer. Uma cruz, uma morte cruel que trouxe a salvação para todos. Os caminhos dos homens são dirigidos por Deus, como poderá o homem entender o seu caminho? Busque o único que traz a felicidade, aquele que morreu numa cruz para salvar a sua vida! JESUS CRISTO.

 

Paz 16

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz

Paz
Rosalina Assis

Como é triste ver a intolerância do ser humano.
Não conseguem viver em paz; aceitando as diferenças entre os povos.
Triste decadência da humanidade!
Vivem guerreando,muitas dores e sofrimentos causando.
Até quando, pessoas inocentes pagarão com suas vidas, pelos erros de seus governantes?!
Tantas lágrimas, tanto sangue derramados...
E pra que?!
è essa maldita luta pelo poder, causando sempre muita dor e destruição.
Essa imbecil rivalidade, matando, mutilando; em nome de um ideal insólito.
Quantas vidas ainda serão sacrificadas?
Até que possam entender, o verdadeiro sentido da palavra PAZ.

           
/

ALGUÉM SEMPRE.

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz

Alguém sempre...
Chico Xavier

Se a sombra te surgiu em forma de pesar...
Não permitas que a dor permaneça contigo.
Repõe no pensamento as bênçãos que possuis.
Nada te desespere,fita o Céu e caminha.
Entrega-te ao trabalho e renova-se nele.
Alguém te guarda sempre,
Alguém te apóia sempre: DEUS!

Para ser feliz 8

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz
   Para ser feliz
Marcia Bragagnolli


Ao levantar-se pela manhã , o primeiro passo para ter um dia maravilhoso é ...
Agradecer a Deus por tudo , e em seus lábios cânticos de louvores ao nosso amigo sincero JESUS.

Antes que eu morra...

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz

Antes que eu morra...
Irene da Rocha

Antes que eu morra... quero gritar...
... amo a vida!
... me amo!

Antes que eu morra... quero contar...
... estive triste...
... estive insegura...

Antes que eu morra... quero declarar...
... sou feliz!
... sou segura!

Antes que eu morra... quero confidenciar...
... já sofri...
... já morri um pouco...

Antes que eu morra... quero rezar...
... para o mundo!
... para mim!

Antes que eu morra... quero perdoar...
... quem não perdoei...
... quem não me perdoou...

Antes que eu morra... quero sentir...
... a sensação de dever cumprido!
... a paz comigo mesma!

Antes que eu morra... quero agradecer...
... a chance de nascer!
... a chance de crescer!

Antes que eu morra... quero viver 100 anos!!!

Saudações à todos nós que somos vidas

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
Mensagens e poemas   


Saudações à todos nós que somos vidas
Luiz Gonzaga Bezerra

Saudações aos espíritos românticos
Abençoados na eminência divina
Adejando em corpos vibrantes
Vencendo obstáculos na vida.

Somos crianças de diversas idades
Retirantes de longas caminhadas
Aprendendo a amar e na vida ser amado
Crescendo no tempo lapidando a alma.

Rimos brincando nas veredas do tempo
Semeamos luzes amores e lágrimas
Buscamos a paz com recrudescencia
No silêncio que aureola nossas almas.

Saúdo a você que agora ri de felicidade
Por ter vencido um novo obstáculo
Por ser perseverante e crê em sua alma
Dizendo vai que estou aqui do seu lado.

Saudações a todos nós que somos vidas.
Amantes natos das coisas belas e imensuráveis
Apenas em tudo que rondam nosso espírito
Que nasceu aqui entre todos para ser feliz.

Pegadas na areia 14

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz
Pegadas na areia
Daniel Choliani

   Uma noite eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia,
com o senhor,e através do Céu passavam
cenas
da minha vida. Para cada
cena que se passava, percebi que eram
deixados dois pares de pegadas na areia;
um era o meu e o outro era do Senhor.
Quando a última cena da minha vida
passou olhei para trás, para as pegadas
na areia e notei que muitas vezes, no
caminho da minha vida havia apenas
um par de pegadas na areia.
Notei também, que isso aconteceu
nos momentos mais difíceis e angustiosos
do meu viver. Isso entristeceu-me
muito, e perguntei então ao Senhor:
Senhor. Tu me disseste que, uma vez
que resolvi Te seguir, Tu andarias
sempre comigo todo o caminho, mas
notei que durante as maiores dificuldades
da vida, haviam na areia apenas
um par de pegadas. Não compreendo
por que, nas horas que eu mais necessitei
de Ti, Tu me deixas-tes.
O Senhor respondeu:
Meu precioso filho, Eu te amo e jamais
te deixaria nas horas da tua prova
e do teu sofrimento. Quando viste na
areia apenas um par de pegadas, foi
exatamente ai que Eu, nos braços...te
carreguei
.

Currículo oculto da violência

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz
Currículo oculto da violência

Após atos violentos de grandes proporções, como os ocorridos em Setembro de 2001, nos Estados Unidos, e o massacre ocorrido em Setembro de 2004, na Rússia, o mundo faz uma pausa para lamentar a violência.

As mídias divulgam fotos que comovem até os corações mais endurecidos e geram revolta e desejo de vingança nas mentes belicosas.

Mas assim que a imprensa encontra outras matérias com que se ocupar, esses atos caem no esquecimento e só voltam a ser notícia nas retrospectivas de final de ano.

No entanto, para as pessoas diretamente envolvidas nessas tragédias o mundo jamais será o mesmo, pelo menos o seu mundo íntimo.

São vidas ceifadas, amores arrebatados, sonhos interrompidos, lembranças marcadas, desespero, saudades...

E a vida continua...

E a violência sobrevive, silenciosa, sobre a face da terra...

E se fala em paz... nos gabinetes.

E se fala em combater a violência, fomentando-se guerras.

Até quando conviveremos com essa triste realidade sem tomar uma atitude que promova a paz?

Já sabemos que a paz do mundo não se implantará por decretos nem surgirá após a guerra.

A cultura da paz deve ser uma iniciativa lúcida, tanto individual quanto coletiva.

É preciso criar uma cultura de paz no nosso planeta.

Hoje está vigente, no seio da humanidade, o que poderíamos chamar de currículo oculto da violência.

Existe uma cultura pró-violência muito sutil e que ganha terreno dia após dia, de forma velada e letal.

É uma forma de cultivo da violência que muitas pessoas não se dão conta.

Essa cultura está presente no lar, no lazer, nos esportes, nas escolas, nas músicas, nas piadas, nos meios de comunicação, nas canções infantis, nas instituições religiosas.

Nas instituições religiosas, sim!

Nas violências que mais estarreceram e estarrecem o mundo, geralmente está presente o componente religioso.

E isso começa de forma imperceptível, quando um pai de família ou um líder religioso cria barreiras entre os da sua crença e os outros.

A criança cresce pensando que quem não é da sua crença é pessoa má, que merece ser rechaçada ou evitada, quando não se diz que é demoníaca.

Isso em nome do Cristo, em nome de Deus, em nome de um ideal, em nome da religião, seja ela qual for.

O simples fato de se torcer por um time de futebol diferente já é motivo para se criar conflitos... Até mesmo entre pessoas da mesma família.

Pessoas que se dizem religiosas e atacam outras instituições, dizendo que o único bem que merece esse título é o praticado dentro da sua fé.

Como se o bem não se bastasse por si só e tivesse que ter uma bandeira religiosa qualquer.

Briga-se por causa de idéias políticas divergentes... Briga-se pelas mais mínimas coisas.

Como diz o cancioneiro popular, "chegou a hora da gente construir a paz, ninguém suporta mais o desamor." *

E para construir a paz é preciso largar as armas...

É preciso usar ferramentas adequadas...

É preciso falar e agir como pacifista...

Usar termos e idéias que enalteçam a paz e não a violência.

É preciso adequar a nossa terminologia, numa ação pró-paz.

Em vez de dizer "lutar pela paz", dizer "construir a paz", em vez de "lutar contra a violência", "fomentar a paz", em vez de "promover um combate", "fazer um embate", em vez de "armas de guerra", "ferramentas de paz".

Ensinar nos lares, nas escolas, nas canções, nas mídias, nas pregações religiosas, que a paz é um desejo comum a todos, não importa a raça, a crença, a posição social. E acreditar nisso.

Enquanto não agirmos dessa forma, a paz continuará só no discurso, e a violência ganhará forças, nutrida por esse currículo oculto, sutil e letal, que vige silencioso no seio da humanidade.

.....................

Observe o mundo com olhos de paz.

Faça a sua parte, que o mundo terá paz.

Pegadas na areia 13

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz

                     Pegadas na areia
Daniel Choliani

  Uma noite eu tive um sonho...
                       Sonhei que estava andando na praia,
                       com o Senhor, e através do Céu passavam
                       cenas da minha vida. Para cada cena
                      que se passava, percebi que eram
                      deixados dois pares de pegadas na areia;
                      um era o meu e o outro era do Senhor.
                      Quando a última cena da minha vida


                      passou olhei para trás, para as pegadas


                      na areia e notei que muitas vezes, no


                      caminho da minha vida havia apenas


                      um par de pegadas na areia.


                      notei também, que isso aconteceu


                      nos momentos mais difíceis e angustiantes


                     do meu viver. Isso entristeceu-me


                     muito,e perguntei então ao Senhor:


                     Senhor. Tu me disseste que, uma vez


                    que resolvi Te seguir, Tu andarias


                     sempre comigo todo o caminho, mas


                    notei que durante as maiores dificuldades
                    da minha vida, haviam na areia apenas
                    um par de pegadas. Não compreendo
                    por que, nas horas que eu mais
                    necessitava de Ti, Tu me deixastes.
                    O Senhor me respondeu:
                    Meu precioso filho, Eu te amo e jamais
                    te deixaria nas horas da tua prova
                    e do teu sofrimento. Quando viste na
                   areia apenas um par de pegadas, foi
                   exatamente ai que Eu, nos braços...te
                   carreguei.

Mãos 7

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz
 Mãos
Yara

  Mãos fortes grandes e macias
   Mãos pequenas brancas pretas ou vazias
   Mãos judiadas pelo tempo
   Mãos que falam através de gestos
   Mãos que afagam e acariciam
   Mãos milagrosas,que a vida ao mundo traz
   Mãos que cortam e curam e que tudo são capazes
   Mãos que salvam em momentos tristes e funestos
   Mãos que aos desesperados,transformam-se em porto seguro
   Mãos que modificam o futuro
   Mãos que seguram e embalam
   Mãos que tiram da  terra o sustento
   Mãos que se unem oram e suplicam
   A Deus que esteja com nós em todos os momentos..
                                                                                          

Tudo posso naquele que me fortalece

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
  Tudo posso naquele que me fortalece

 Deus é tudo na vida do ser humano, aquele que não crê e não confia em Deus, não é Cristão. Amo, creio e confio muito em Deus, tudo que consigo conquistar na vida, agradeço sempre a Ele, pois se não fosse por Ele, nem eu, nem você e nem ninguém existiria. DEUS É TUDO E TUDO É DEUS.

Convite de Jesus

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
Convite de Jesus

   Talvez sua vida seja uma sucessão de derrotas, decepções e lutas. Talvez seus adversários sejam seus vícios, suas fraquezas e seus pecados. A resposta é simples: aceite a convocação de Jesus e junte-se a Ele! Jesus te convida para fazer parte dos salvos tome uma decisão hoje venha para Jesus ele te ama

Quem crê vence

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
   

Mensagens e poemas

Quem crê vence

Busque seus sonhos
O mundo é grande e rico
Em belezas e encantos
Irradiando a vida
Acorde e siga...
Quem crê vence acredite,
Os obstáculos e desafios
Na luta de cada dia.
Caminhos, pódios!
Esse é desejo de todos
Nas entrelinhas da historia
Vencendo o tempo e a dor.
Trabalhar é preciso
Lutar diariamente sem temor
Nos caminhos infinitos
Dos espinhos e flores.
Cuide da sua alma
Das sementes ali guardadas
Regue com carinho e paz
Sinta a vida a cada passo.
Tenha fé ame
Vá em frente
Chore cante
Vibre no tempo.
O amor está em tudo
Basta olhar com o coração
Seus raios são belos profundos
Indicando sempre a direção.
Cada dia é um mistério
Capitulo da sua historia
De luta sonhos diversos
Na existência agora.

Esperança 33

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Paz
Esperança

Quando tiver que escolher entre o sorriso e a lágrima,sorria
Se porém tiver que chorar, chore sem vergonha , pois suas lágrimas
purificam sua alma.
Quando tiver que escolher entre a derrota e a vitoria,lute, pois mesmo que não vença
será vitorioso por não ter cruzado os braços...
 

 

Não chore 3

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
   
Mensagens e poemas

Não chore

Se caíres
Levanta-te, segue!
Não chores
O temor as lágrima,
São fios da terra
São vates de saudade
Árvores de raízes amargas
Tocando de leve a alma
Acostumada a sonhar
A querer a felicidade
Presa no olhar.
Não há motivos para correr
A vida passa lentamente
A pressa só nos faz sofrer
A errar inconscientemente
A nos tirar a vontade de viver.
No decorrer da vida
Você, eu, ele aprende!
A caminhar nas pequenas trilhas
A sorrir, cantar, viver os momentos,
Admirando o amor nas nuvens infinitas.

Saudades de mim mesma

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
   Saudades de mim mesma

Mensagens e poemas

Eu voei nas asas do beija flor
Nas asas das gaivotas sensuais do amor
Aprendi a cantar, a bailar, ter fé.
A amar viver na forma de uma mulher

Necessitava de colo aconchego carinho
Por isso deixei-me levar nas asas do vento
Flutuei na intensidade das nuvens sem fim
Pousei delicadamente no vergel do tempo.

Ali caliente no calor da saudade dos seus beijos
Ofegantes cheios de mel sufocando-me de desejos
Inebriada de mistérios púrpuro só meus
Ouvindo as batidas do coração pulando do peito.

Sou vida lucerna pequenina
Voando no vento á beija as flores
A roubar-te na aurora um sorriso
A viver na luminescência do amor.

Encantei-me no amor e na felicidade
Bem quentinha em teus braços aconchegada
Rindo de saudades; Saudades de mim mesma.
Do que sou e serei na próxima madrugada.

Assobiar

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Paz
   Assobiar

Mensagens e poemas

Na madrugada adentro o orvalho
Beijando a flor na brisa fria
Desafiando o sol na alvorada.

Tudo é lágrima e encantamento
No coração do amante apaixonado
Esperando no vento o assobio amado.

Orvalho que chora molhado de saudade...

Que assobia e voa levando essa mensagem ao meu amor...
Carregando