Poesias e Mensagens Virtuais

Mensagens de Natureza

Inverno

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza

                                        Inverno

Liliam Doter

 

                No crepúsculo, na brisa fria

                 Sinal que o inverno chegou.

                O frio chega devagarinho

                Marcando sua estação.

 

               O povo na rua agasalho.

               O chazinho, café ou chocolate quente

              Para esquentar...

 

               Sopa com pão

               Que lembra mamãe

             Caldo quente, moda virou

 

             Bota mostra a 

              elegância da estação

             Parca, jaqueta e cachecol.

 

             Não pode esquecer

             O gorro engraçado

             Pois inverno também é alegria.

O cântico da natureza

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza


O cântico da matureza
Izaura N. Soares




Os pássaros gorjeiam
As flores se encantam
As nuvens clareiam
O céu se mostra
Um azul constante.




É o brilho do amanhecer,
Com os raios do Sol a brilhar,
No horizonte se desponta
Quando a aurora anuncia
O nascer de um novo dia.




Assim os pássaros
Passeiam em cada galho,
De árvores em árvores a cantar-se,
Das folhas as flores
Encantam-se com os beija-flores
!




Beija aqui beija acolá,
Foge do vento com seu trinado
Por entre as luzes a reinar
O encontro das espécies
Toma conta do seu reinado.


 

Meu velho rio

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza





Meu velho rio



                Siria Wagner Silva da Silveira



 



Do velho rio Mampituba,



Lembranças agora invadem,



Com tempo, sem tempo assim,



Nas infâncias, de qualquer idade.



 



 



Águas que movem moinhos,



São espelhos da natureza.



Hoje é um risco de água,



Nelas contém tantas impurezas.



 



Deste vida à tantas vidas.



Deste vida à minha infância.



Sustenta a tantas vidas,



Com vida, angústia e Constância.



 



A que justiça te condenam agora?



Rio, agora de águas turvas!



Que os sábios entendam que tu,



Não podes morrer, meu velho Mampituba.



 


Aurora 1

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
Aurora
 

Quem é que chegou agora?
Aurora chegou na hora
Não sei de onde ela vem
Só sei que ela vem me despertar
Mas não posso tocá-la.

Bem de mansinho todas as manhãs ela vem
Tomar café comigo
Bate em minha porta e pergunta
Tem um lugar aqui pra mim?
Quem é você?
Ela me disse: Aurora
Aurora?
Sim, aurora do dia.
Você pode me receber?
Trago em minha bagagem um presente pra você
Abra a janela do quarto
Veja um manto sagrado além do horizonte
Que veste o céu de azul
Formando esse crepúsculo lindo no alvorecer
Ainda há orvalho no alto campo
Acariciando sua pele macia
Sinta o frescor da brisa, que grande magia!
Contemple o sol, veja que lindo amanhecer.
Aquece nele o teu rosto do frio de ontem.

Quem chegou agora?
Aurora chegou na hora
Não sei de onde ela vem
Só sei que ela vem me despertar
Mas não posso tocá-la.

Então, olhei mais de perto
Quase dou com o rosto no chão
O meu olhar mudou de direção
Mas não deu muito certo
Vejo-a passar por mim
Trouxe com ela a mais linda primavera
Uma pequena flor de jasmim
Ainda me lembro dela
Um perfume ao vento se espalhava
Exalava entre os lírios do vale
Um aroma suave invadia a natureza
Tem um cheiro das ervas do campo
Até o beija-flor ficou com ciúmes
Seu sorriso doce como um favo de mel
Todos querem te tocar
É como um rio de água doce
Um cacho de uvas frescas é como se fosse
Vermelha como carmesim.

Quem chegou agora?
Aurora chegou na hora
Não sei de onde ela vem
Só sei que ela vem me despertar
Mas não posso tocá-la.

Dicas para o meio ambiente limpo

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
 Dicas para o meio ambiente limpo
Rui Barbosa

 Sempre que for descartar resíduos perigosos, como baterias, pilhas, lâmpadas fluorescentes e produtos químicos, procure locais que tenham coleta desse tipo de mateial;

Coabore com a política de gerenciamento de resíduos da empresa. É um compromisso individual que traz benefícios para todo gurpo;

 Na área florestal, regule as máuinas para reduzir emissões de fumaça preta e vazamentos;

Descarte corretamente as embalagens de produtos  químicos, que podem poluir o ar, o slo, a água ou que possm causar acidentes;

Evite o desperdício de alimentos;

Mantenha duas lixeiras na cozinha, sendo uma exclusiva para o lixo orgânico, e faça compostagem;

Crie o hábito de ler os rótulos e procure adquirir produtos biodegradáveis;

Incentive a Coleta seletiva em sua comunidade.   

Evite jogar materias de plástico, isopor, papel, em locasis como rios, mares, lagoas, etc. estes matariais podem ser ingeridos por animais, como é o caso de tartarugas, provocando lesões sérias em seus organismos e levando-os a morte.

Olhar fixo no espaço

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
Olhar fixo no espaço
Edvaldo Rosa

Meu olhar fixo no espaço,
Apreende cores...
E entre movimentos vários, rápidos,
Captura um pássaro,
E dentre penas, descortina beija-flores...
Fixo olhar num alvo móvel,
Embebedo-me com diversos sabores...
Ver o pássaro é ver as suas flores,
Com quem faz amor, de quem sorve néctares doces...
Vejo a vida livre e solta... Leve a levitar...
Queria tanto ser como o pássaro! Ser o pássaro!
Que minha vida tivesse em si tantas cores!
Queria que meus olhos olhassem a vida como os dele...
Mas só o que posso é vê-lo distanciando-se...
Deixando em mim, impressa nas memórias
O bater de suas asas multicores!

Bom dia sol!

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Bom dia sol!
Silvia Giovatto

Ontem o dia foi tão frio e chuvoso,
que me deu uma saudades doida do sol.
Hoje, logo cedinho,
vendo o seu despertar no horizonte,
mesmo ainda sentindo frio,
dei um bom dia emocionado ao rei sol.
E aquela saudades doida de ontem,
me fez refletir...
Como seria triste e gelado o mundo
se ele não aparecesse para aquecer
os nossos dias...melhor nem imaginar!
Bom dia Sol,
obrigada por fazer parte dessa natureza linda,
obrigada pelo seu amável aquecimento.
Agora entendo a razão do povo indígena
te amar tanto, fazendo de ti um Deus.
Agora entendo a paixão da lua,
quando um eclipse acontece.
Sol, por que você é tão cheio de mistérios?
No outono você se diverte,
brincando com o vento.
Na primavera você fascina as flores,
elas ficam o tempo todo voltadas pra você,
e as gaivotas, na ânsia de te conhecer mais de perto,
voam o mais alto que as suas asas consigam bater.
No inverno você é todo tímido,
aparece e desaparece, sorrindo por entre as nuvens.
No verão você é totalmente ousado,
queima mais que um fogaréu.
Vou te contar um segredo, prefiro a sua timidez
a ter de me esconder da sua ousadia,
para conservar a minha pele sem rugas e macia.
Ah, eu te gosto muito!
e também sou como você, dotada de mistérios...
Quem sabe um dia eu te conte alguns!
Hoje só quero agradecer pelo seu aquecimento.
Obrigada rei sol, centro do nosso universo.

Vem Primavera, vem me fazer sorrir! 2

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Vem Primavera, vem me fazer sorrir!
Paulo Nunes Junior

Dos céus um anjinho lindo que comanda a natureza volta-se à terra...
Procura agora deixar todos os caminhos floridos,
Afinal, abre-se a estação dos anjos.
Nela encontraremos nossas margaridas a nos sorrir;
nossas damas-da-noite a nos entregar seu aroma;
nossas rosas para encanto de nossos amores;
as palmas para a reflexão;
os cravos, rei entre todas se faz...

Chega o momento de podemos olhar para os campos,
Mais uma vez, sentir a magnânima presença do Rei do Universo
e seus emissários...
Vamos ver em campos que o homem jamais semeou, flores...
Canto de estradas, cachoeiras,
Todos receberão os jardineiros do amor...
Os pássaros que com seu biquinho em trabalho constante
ficaram durante o outono a percorrer tudo e semear...
Passado o inverno ai esta este mundo fantástico
Que nos entrega o nosso Pai...

Por muitas vezes, por falta de tempo ou atenção;
nem nos damos conta destas maravilhas.
Enaltecemos um vaso belo à venda em floriculturas;
Mais do que uma flor meiga e simples à beira de uma estrada,
colocada lá pelos anjos certamente...

Enfim...Vamos sorrir!
As flores chegam e elas têm sentimentos,
São felizes com nossa alegria;
as mesmas que colocadas em cima de um esquife são tristes...
Percebam...
Quantas vezes necessitamos fazer nascer uma primavera dentro de nós?
Sim...um novo ‘eu’ , um novo ‘você’...
Mudar, sorrir, esquecer o que se foi e receber os novos dias
com sorriso, com elegância e o colorido de nossas almas...
Tal como nossas flores fazem,
Bendito seja o Arcanjo das flores!...

A lua e eu 1

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
A lua e eu
Sidnei Piedade
   
Caminhando pela estrada olho em volta e só vejo pegadas...pois meu pranto tá inundando , onde toda água vai para o mar. Só a lua é minha companheira pra meu pranto decifrar, meu coração bate em silêncio pedindo a Deus pra melhorar. Vivo contando as estrelas procurando um caminho para me completar...só tenha um pouco de paciência....pois o amor que sinto pela lua , nem a ciência é capaz de explicar...o amor vai até onde os sonhos conseguem chegar. A lua e eu somos dois apaixonados caminhando lado a lado nesse amor sem fim... ela entrou na minha estória onde o amor não escolhe a hora me deixando assim. Sua luz me transformou num pedaço do céu, onde minha alma vi flutuar...pois nas linhas do infinito um romance de amor lunar. Ela passa sorrindo para me enfeitiçar , o amor quando chega não dá para evitar...pois o universo inteiro conspira ao desejo realizar.

Amor de Primavera

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza

src=http://www.mensagensvirtuais.com.br/cartoes//Flores/flores135.gif
Amor de Primavera
Romaryzynski

No Verão, os temporais são inevitáveis.
No Outono, as folhas caem e as flores perdem o colorido, tudo é cinzento, nada parece ter vida.
No Inverno, tudo parece perder o calor, o entusiasmo tudo fica frio.
Na Primavera, tudo fica mais alegre, as flores dando um colorido todo especial e os pássaros cantam alegremente.
Até um belo amor aparece e muitas das vezes você pode jogar ao lixo, se faltar à você ousadia, coragem de encarar a realidade e viver intensamente... 
Proteja-se contra os temporais do coração.
Cuide bem do seu jardim. Aqueça sua vida com a chama do amor, que faz morada no mais íntimo do seu ser...
Não tenha medo de amar. Não viva se encondendo dos seus sentimentos.
Seu poder sobre ele é minúsculo, diante da força maiúscula que possuem...
Não tem jeito! Não há como fugir!
Seu coração é de quem você ama!
Nada há em segredo que um dia não venha a ser revelado.
Coragem, não recue, deixa explodir esse imenso amor que está dentro do seu coração.
Como as flores que desabrocham na
Estação da Primavera! Com seus encantos 
e grandiosidade dando vida e colorindo a Natureza!
Seja você, seja feliz e sinta como a Primavera,
colorindo os seus dias...

"Aparecem as flores na terra,
chegou o tempo de cantarem as aves,
e a voz da rola ouve-se
em nossa terra."
Cantares 2:12
 


 


 

Miragem na curva do olhar

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza

Miragem na curva do olhar
Ari Pinheiro


Hoje eu acordei poeta...
E a estrada real me parece
Muito menos com a partida.
Aliás, a velha trilha dos retirantes
Está vestida de poeira nova
E sol vespertino
Desenha figuras no horizonte...

Figuras de mil tauras que voltam
Pra beber na paisagem
A seiva ancestral
Que dormita tranqüila
Na paz destes campos!

Perfilados nos arames
Formam alas os pelinchos,
Numa continência muda
A tantos bravos que passam!

Lá vêm eles...
Estão mais perto agora...
E os capacetes de obra
Começam virar chapelões de abas largas
Que adornam com graça
Os semblantes sofridos...

De repente,
Os aventais de oficina
Viram ponchos alados
Na manhã destes pagos,
E ondulando pacholas
Acenam faceiros
À inquietos cardeais
Que espionam das moitas!

Ah! E os fletes...
Até antes da curva
Apenas calhambeques de frete
Mas agora... Que flor de fletes!
De crinas ao vento, parecem centauros
Encurtando distâncias
Pra o lado de cá!

E além...
Despontando na retaguarda,
Seriam carretas?
Sim! São carretas!
São as velhas carretas lerdas,
Lerdas e cantadeiras
Recheadas de provisões...!



Eis o meu povo de volta
Chegando de manso na curva do olhar!
Não mais parecem farrapos
São tauras garbosos tomando de volta
O que sempre foi seu!
Galopam seus potros pelas pradarias
Buscando nos sonhos
Razões pra ficar...
E as sangas faceiras
Abraçam com graça
Os corpos suados
Que vem descansar!

Pra quem volta aos pagos
Pouco importa caminhos ou atalhos...
A alma sempre chega pilchada
E de à cavalo!

Que bom que hoje acordei poeta!
Amanhã... Amanhã, de repente,
Nem mais acorde assim...
Mas hoje... Hoje eu estou poeta!
E posso receber de alma aberta
Mil tauras que voltam
Pra beber na paisagem
A seiva ancestral que dormita tranqüila
na paz destes campos!

Abrace esta causa, cuide da água

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
   
Abrace esta causa, cuide da água



Ó mãe água!
Dona dos solos sagrados
Saciando a sede do mundo
Sofrendo o descaso profundo
Dos homens em sua ganância
Derrubando a vida em vão..

Aterra os rios e seus leitos
Os ribeirinhos e as vazantes
As matas apenas nas margens
Limitando a vidas das fontes
Guardadas na terra em vasos
Milagrosos e cheios de encantos.

Extravasa o homem em sua egocêntria
Conhece o risco mais não se preocupa
Não quer saber dos distúrbios e revelia
Que causa ao destruir o leito das águas
Fonte de sobrevivência das futuras vidas
Da humanidade que crescem em rebeldia.

Desértica será a vida sem água cristalina
Num futuro bem próximo e cheio de horror
Sem fontes e rios limpos como será o destino?
Das multidões sedentas vagando cheias de pavor
Matando e se matando nas auroras e noites sem fim
Pela a água, sinônima da vida e no futuro de terror.

Abrace esta causa defenda a água
Combata o desperdiço e defenda os rios
As fontes ainda no solo intocáveis
A poluição maldita adejando nos dias
Causados pelos os homens sem alma
Destruidores da esperança e da vida.

Anunciação à Primavera!

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Anunciação à Primavera!
LuliCoutinho


Chegaste, enfim!
Soberana aos meus pés de marfim
As primeiras verás florindo heras
Numa anunciação à Primavera!

Renascem as flores do meu jardim
O aroma seduz um odor de jasmim
Que se irradia com essa florada

Meu coração canta com alegria
À terra que traduz tanta alquimia
Pintando em arco-íris minha vida

O calor do sol que me fascina
E o perfume casto que se imagina
Traz buques de rosas tangerinas

E foi este olhar que me inspirou
Floriu meus cabelos e assim ousou
Colher acácias e entre rendas trançou.

Vem Primavera, vem me fazer sorrir! 1

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Vem Primavera, vem me fazer sorrir!
Paulo Nunes Junior

Dos céus um anjinho lindo que comanda a natureza volta-se à terra...
Procura agora deixar todos os caminhos floridos,
Afinal, abre-se a estação dos anjos.
Nela encontraremos nossas margaridas a nos sorrir;
nossas damas-da-noite a nos entregar seu aroma;
nossas rosas para encanto de nossos amores;
as palmas para a reflexão;
os cravos, rei entre todas se faz...

Chega o momento de podemos olhar para os campos,
Mais uma vez, sentir a magnânima presença do Rei do Universo
e seus emissários...
Vamos ver em campos que o homem jamais semeou, flores...
Canto de estradas, cachoeiras,
Todos receberão os jardineiros do amor...
Os pássaros que com seu biquinho em trabalho constante
ficaram durante o outono a percorrer tudo e semear...
Passado o inverno ai esta este mundo fantástico
Que nos entrega o nosso Pai...

Por muitas vezes, por falta de tempo ou atenção;
nem nos damos conta destas maravilhas.
Enaltecemos um vaso belo à venda em floriculturas;
Mais do que uma flor meiga e simples à beira de uma estrada,
colocada lá pelos anjos certamente...

Enfim...Vamos sorrir!
As flores chegam e elas têm sentimentos,
São felizes com nossa alegria;
as mesmas que colocadas em cima de um esquife são tristes...
Percebam...
Quantas vezes necessitamos fazer nascer uma primavera dentro de nós?
Sim...um novo ‘eu’ , um novo ‘você’...
Mudar, sorrir, esquecer o que se foi e receber os novos dias
com sorriso, com elegância e o colorido de nossas almas...
Tal como nossas flores fazem,
Bendito seja o Arcanjo das flores!...

Natureza 6

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Natureza
MarleneRS


Canto espontâneo
Natureza singela
No parque canta o pássaro
Beleza dourada
Ao cair da tarde
Canta...canta...
BEM-TI-VI
Bem-te-vi lá na árvore
Carregada de flores outonal!


Mar

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza

Mar
Airla Gomes M. Barboza

Olhando para o mar

Tenho a sensação

Que naquela imensidão

Algo fico a esperar

O balanço das ondas

Tanto traz, quanto leva

Amarguras e quimeras

E a brisa

Sempre a soprar

Ilusões, fantasias; utopias...

O mar é uma estrada

Em que o barco desliza

Enquanto aos olhos

Parece infinita

Esse é o lugar

Vidas misteriosas

Nele estão a morar

E do verde a se alimentar

O mar é um espelho

Nele se refletem

Satélites, sombras e luar

Ele nos parece infinito

Dá até pra assustar

Com sua força causar

Estragos, inundações

Erupções de vulcões

Mas de nada é culpado

Ondas altas com bailado

Tem suas limitações

Mas o homem se impõe

Invadindo o seu leito

Apertando o seu espaço

Depois não sabe o quê

O mar quer lhe dizer

Você conhece uma árvore chamada Carvalho?

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
    Você conhece uma árvore chamada Carvalho?

Esta árvore é usada pelos botânicos e geólogos como medidor de catástrofes naturais do ambiente.
Quando querem saber o índice de temporais e tempestades em determinada floresta, observam logo o Carvalho, que naturalmente é a árvore que mais absorve as consequências dos temporais.
Quanto mais temporais e tempestades o Carvalho enfrenta, mais forte ele fica. Suas raízes naturalmente se aprofundam mais na terra, e seu caule se torna mais robusto, sendo impossível uma tempestade arrancá-la do solo ou derrubá-lo.

Também nós, seres humanos, enfrentamos o rigor das tempestades em nossas vidas, sentindo-nos impotentes e por vezes fraquejando diante da adversidade, se não tivermos raízes profundas, com base na nossa fé genuína em Deus, certamente nos tornaremos frágeis diante de outros embates. No salmodiar do rei Davi : "ainda que eu ande no vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo. Sl 23v.04.
Siga o exemplo da árvore!

Perfeição 8

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
   Perfeição
Valdicéa Lima

As estrelas brilham na noite escura sem parar; 
A lua ilumina essa mesma escuridão sem cansar.
No dia seguinte o sol vem aquecer a terra
Molhada por conta da garoa.
O céu transmite um azul brilhante 
Sobre o mar infinito e invisível.
Imagine se o céu fosse verde e as nuvens
escuras;as árvores azuis; o mar vermelho. E se
As estrelas não brilhassem; se a lua não
Clareasse as noites; se o sol não aquecesse os
Dias frios, também não haveria a chuva para
Molhar a terra que estaria seca mesmo que não
Houvesse o sol para secá-la.
Já pensou se a terra fosse vazia, sem o mar,
Sem a natureza e até mesmo sem o céu que nos
Envolve. Não seria perfeito, mas é a pura
Perfeição, divina, inigualável, insubstituível,
Incomparável, incrível e infinita...

Mensagens e poemas

Caríssimos!

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
   Caríssimos!

De tudo que nos envolve e das atitudes que tomamos, podemos
crer na força do universo que move tudo e todos rumo ao acerto,
sendo um quebra-cabeça com todas as suas peças na montagem
final. Por isso a importância de tudo e de todos caminhando para
uma consciência real e necessária para o bem de todos do planeta.
Tudo está correto, nada se perde, e tudo se encaixa. Deus é muito
lindo demais na sua condição de Pai que ama seus filhos. O caminho
parece incerto, mas com Deus tudo está certo e tudo está sob á sua
guarda. 
Tudo é verdadeiro.
O fim parece inevitável.
O mundo pode ser melhor.
Sempre depende de você, sim de você.
Todos os que olharem o pps e não encontrarem sua parcela de culpa, seja pela indiferença, segregação, preconceito ou outros, estarão inertes e repetindo o discurso dos indiferentes, a saber: sempre há um culpado, seja o vizinho, Estado, União ou as pessoas, que não eu.
O governo é reflexo da família, se sua família é machista o governo também é, se é preconceituosa, o governo também é.
É mais fácil levantar um muro da vergonha do que compartilhar e ajudar o próximo. Estamos no mesmo barco e um dia não haverá espaço para os muros porque não se cura um problema cardíaco com a interrupção de fluxo sanguíneo.
Se cada um não trabalhar a sua consciência, sua função social, cada vez mais pessoas estarão do outro lado do muro e você poderá ser o próximo. Os recursos escassos ficarão cada vez mais caros e para manter a lógica atual do sistema, um dia, você estará do outro lado do muro, o lado escuro, o lado em que todos os medos ocorrem de fato, o lado que você foge, o lado que hoje você ignora, o lado que você esta ajudando a construir quando opta pela contrução do muro. 
ESPERANÇA!
Isso esperança em nós mesmos, pois a esperança em nos fazer melhores já é difícil, imagina todos nós...nosso planeta, nossas pessoas...
Difícil, mas não impossível!!!
Sempre acresci em mim a qualquer situação conflituosa essa palavra, pois para Deus tudo é possível e se Ele nos permitiu aprender nessa forma errante, nesse capitalismo crescente, é porque como Pai nos deu o livre arbitrio, mas como Pai nos permitirá a consciência a tempo de perceber que ainda somos capazes de crescer com tudo isso!!!
De uma situação difícil tira-se a lição!
Do capitalismo, individualismo...busquemos o bom disso tudo... de si mesmo tente alternativas mesmo que só você faça o bem, pois é no exemplo que aprendemos e ensinamos!
Que a ESPERANÇA em nossos corações de um planeta melhor nos permita criar mecanismos de fazer o caminho da aprendizagem...errando...apagando...até que se faça certo!!!
Tudo tem solução quando a queremos!
Esperança por dias melhores sempre!!!

Sol e lua 3

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
Sol e lua


Quando o SOL e a LUA se encontraram pela primeira vez, se apaixonaram perdidamente e a partir daí começaram a viver um grande amor.

Acontece que o mundo ainda não existia e no dia que Deus resolveu criá-lo, deu-lhes então o toque final ...
o brilho !

Abateu-se sobre eles uma grande tristeza quando tomaram conhecimento de que nunca mais se encontrariam.

A LUA foi ficando cada vez mais amargurada, mesmo com o brilho que Deus havia lhe dado, ela foi se tornando solitária.

O SOL por sua vez havia ganhado um título de nobreza "ASTRO REI", mas isso também não o fez feliz.

Deus então chamou-os e explicou-lhes:
Vocês não devem ficar tristes, ambos agora já possuem um brilho próprio.

A LUA entristeceu-se muito com seu terrível destino e chorou dias a fio...já o SOL ao vê-la sofrer tanto, decidiu que não poderia deixar-se
abater pois teria que dar-lhe forças e ajudá-la a aceitar o que havia sido decidido por Deus.

No entanto sua preocupação era tão grande que resolveu fazer um pedido a ELE:

Senhor, ajude a LUA por favor, ela é mais frágil do que eu, não suportará a solidão...

E Deus em sua imensa bondade criou então as estrelas para fazerem companhia a ela.


a LUA sempre que está muito triste recorre as estrelas que fazem de tudo
para consolá-la, mas quase sempre não conseguem.

Hoje eles vivem assim....separados, o SOL finge que é feliz, a LUA não
consegue esconder que é triste.


O SOL ainda esquenta de paixão pela LUA e ela ainda vive na escuridão da saudade.

Dizem que a ordem de Deus era que a LUA deveria ser sempre cheia e luminosa, mas ela não consegue isso....
porque ela é mulher, e uma mulher tem fases.

Quando feliz consegue ser cheia, mas quando infeliz é
minguante e quando minguante nem sequer é possível ver o seu brilho.

LUA e SOL seguem seu destino, ele solitário mas forte, ela acompanhada das estrelas, mas fraca.

Humanos tentam a todo instante conquistá-la, como se isso fosse possível. Vez por outra alguns deles vão até ela e voltam sempre sozinhos, nenhum deles jamais conseguiu trazê-la até a terra, nenhum deles realmente conseguiu conquistá-la, por mais que achem que sim.

Acontece que Deus decidiu que nenhum amor nesse mundo seria de todo
impossível, nem mesmo o da LUA e o do SOL... e foi aí então que ele criou o eclipse.

Hoje SOL e LUA vivem da espera desse instante, desses raros momentos que lhes foram concedidos e que custam tanto a acontecer.

Quando você olhar para o céu a partir de agora e ver que o SOL encobriu a LUA é porque ele deitou-se sobre ela e começaram a se amar e é ao ato desse amor que se deu o nome de eclipse.

Importante lembrar que o brilho do êxtase deles é tão grande que
aconselha-se não olhar para o céu nesse momento, seus olhos podem cegar de ver tanto amor.


Flores a beira do caminho

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
Flores a beira do caminho

Conta-se que um carregador de água, na Índia, conduzia dois potes grandes, cada um pendurado numa das pontas de uma vara que levava sobre os ombros. Um dos potes tinha uma rachadura, enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de líquido no fim da longa jornada entre o poço e a casa do chefe.

O pote rachado chegava apenas pela metade. Foi assim por dois anos, diariamente. O carregador entregava o pote e meio de água na casa de seu chefe. Claro, o pote perfeito estava orgulhoso de suas realizações.

O mesmo não acontecia com o pote rachado, que estava envergonhado de sua imperfeição e sentindo-se imprestável por não ser capaz de realizar sua tarefa por inteiro.

Após perceber que, por dois anos, havia cumprido pela metade a sua missão, um dia o pote rachado falou para o homem à beira do poço:

- Estou envergonhado, e quero pedir-lhe desculpas.

- Por que? Perguntou o homem. De que você está envergonhado?

- Nesses dois anos eu fui capaz de entregar apenas a metade da minha carga porque essa rachadura no meu lado faz com que a água vaze por todo o caminho da casa do seu senhor. Por causa do meu defeito, você tem que fazer esse trabalho e não ganha salário completo dos seus esforços - disse o pote.

O homem ficou triste pela situação do velho pote e com compaixão falou:

- Quando estivermos voltando para casa de meu senhor, quero que observe as flores ao longo do caminho.

De fato, à medida que eles subiam a montanha, o velho pote rachado notou flores selvagens à beira do caminho e isso lhe deu certo ânimo.

Mas, ao fim da estrada, o pote ainda se sentia mal porque tinha vazado a metade, e de novo pediu desculpas ao homem por sua falha e o homem lhe falou com doçura:

- Você notou que pelo caminho só havia flores do seu lado?

- É que eu, ao perceber o seu defeito, tirei vantagem dele e lancei sementes de flores no lado em que você estava e a cada dia enquanto voltávamos do poço, você as regava.

- Por dois anos, eu pude colher flores para enfeitar a mesa de meu senhor. E se você não deixasse vazar a água, ele não poderia ter as flores para perfumar a sua casa.

Cada um de nós tem seus próprios e únicos defeitos, mas isso não deve nos impedir de dar utilidade à nossa vida. Sé verdade que tempos nossas fragilidades, também é que temos algum valor. É importante que busquemos conhecer, igualmente, nossas imperfeições e nossos valores. Aos valores já adquiridos devemos dar devido reforço, e aos defeitos a devida atenção para transformá-los em virtudes, como o caso do pote rachado. Agindo assim, não nos deteremos à beira do caminho a lamentar das nossas limitações, mas agiremos rápido, para superá-las e seguir adiante. Pense nisso!

Se você está triste ou sentindo-se infeliz ou inútil, lembre-se que o Criador confia em seu potencial, senão não teria criado você. E lembre-se, ainda, que, a cada amanhã, Ele lhe renova a oportunidade de crescimento, apostando na sua coragem e na sua disposição de auto superar-se, pois Ele sabe que cada um dos seus filhos tem seu próprio e único valor.

Natureza canina, natureza divina...

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
 
Natureza canina, natureza divina...
Hassin Ghannam

Quem sou eu para falar de um mero cão?

Terei a metade de sua fidelidade?
Terei um terço do seu amor por quem amo?
Terei tão somente um quinto de sua resignação frente a tudo que não tolero?
Terei talvez um décimo de sua alma brincalhona
para encarar a vida
com uma férrea alegria
no meio das adversidades?

Quem sou eu para falar de um cão?

Sou muito menos que um deles,
e quisera possuir suas virtudes
sem deter-me apenas
numa estúpida e crítica consideração
que eles muitas vezes estão sujos
ou mesmo um tanto fedidos
depois de uma chuva de verão.

É melhor estar sujo até o pescoço,
mas ser fiel sob qualquer pressão.

É melhor estar fedido, mas amar incondicionalmente,
Sem importar-se com a cor da suas peles,
Sem discriminar os seus corpos estropiados,
Sem importar-se que outros deixarão de serem meus amigos
por estarem limpos, belos e perfumados.

É melhor dormir ao relento,
que dormir em uma cama macia
sob um teto quente e acolhedor.
Pois quem assim procede,
Ao despertar de um novo dia,
Vai à luta conquistar o seu mundo,
Destruindo impensadamente,
Passados de uma bela história,
Sonhando augúrios de um presente,
Assentados em um futuro sem glórias!

E assim vai a humanidade carente,
Conquistando “bens” na sua marcha,
São castelos vazios e sem esperanças,
Sementes de esforços jogados ao nada..

Ser cão, não é para qualquer um, e comparando, não há nada igual,
Ser cão é possuir uma alma divina, num corpo limitado de um animal...

Carinho pelo Brasil

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
Carinho pelo Brasil

Terra fértil, joga-se uma semente e ela brota dando-nos o alimento necessário a sobrevivência.
Brasil tão esquecido, ignorado e violentado pela ignorância dos materialistas frios e egoístas. 
Terra do sonho, de tão belas e estonteantes paisagens, alvo de gringos, que se encantam pela beleza e possibilidades desta terra onde a paz reina e o alimento tão necessário à vida brota naturalmente, rica em vegetação, visitada constantemente por pássaros que migram em busca do melhor que ela tem. Até os animais buscam nela refúgio para viverem. 
Brasil, maravilhoso País onde a vida, o verde e a a abundância de recursos naturais deslumbram e encantam qualquer ser vivente.
Brasil constantemente violentado pela ambição do bicho homem em busca de suas próprias e incoerentes ambições. Brasil carente de ambientalistas que o protegessem conservando a vida abundante e natural que esta terra naturalmente e graciosamente nos oferece.
Terra por mim adorada. Eu gostaria de ter braços bem longos para te abraçar inteiro e te proteger totalmente.

Magia encantadora

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Magia encantadora
Paulo Nunes Junior

Vem minha querida, deixe nossos dias coloridos!...
Vem, exale o aroma das flores a todos os corações...
Espalhe tua mensagem de beleza e encanto...
Traz a alegria dos pássaros.
Dos pequenos que vão brincar nas pracinhas.

Vem doce e querida, encante os apaixonados!
Faz dos dias tristes; alegres...
Afinal, tu és única entre todas,
com tua delicadeza e encanto.
Os dias dominados por ti se tornam leves.
A terra deixa o seu marrom
e enaltece tuas pequenas multicoloridas...
Os pássaros trabalham como operários do amor
semeando em campos solitários tua magia.

Vem querida, a esta nação de gente boa, trabalhadora,
que mesmo sofrida acredita no amanhã.
Deixe teu charme, tua cor e teu aroma em todos os lugares.
Encante os corações tristonhos,
envolva a tristeza com tua beleza,
amenize a dor com o néctar da esperança,
saúde os anjos que nos protegem.

Faz-nos os teus jardineiros
em torno de semear a paz e o amor!
Vem, desponte agora como pequena...
Logo, já estas posta a florir e depois...
Deixe-nos uma árvore imensa...
Que linda és tu, magia encantadora!
Tu és a primavera!

Canteiro de flores

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Canteiro de flores

Era um canteiro que ficava na janela.
Cheio de flores coloridas, chamavam-se Onze Horas,
e como seu nome, abriam-se àquela hora,
alegrando o final da manhã.
Amarelas, brancas, laranjas, rosas...
Flores de sementes cuidadosamente plantadas,
com amor e carinho.
Lembravam o pedacinho lúdico,
que ainda restava dentro de mim.
Enchia-me de alegria vê-las pela manhã
e corresponder ao sorriso que sempre me davam,
quando abria a janela nos intervalos do trabalho.
Mas o tempo passou e as coisas se modificaram,
não havendo mais espaço para o canteiro,
que foi esquecido debaixo da escada, onde não havia luz.
Dois anos se passaram e revirando debaixo da escada,
o canteiro foi encontrado.
Apenas um torrão de terra seca e sem vida...
Por acaso, exposto ao sol e a chuva,
sem qualquer cuidado ou tratamento,
exibiu na primeira semana:
Pequenas folhas verdinhas;
Na terceira semana:
Tímidas flores coloridas;
E no final do primeiro mês:
Era o mesmo canteiro de flores
exuberantes e sorridentes, o que me deixou maravilhada
e ao mesmo tempo arrependida de ter desistido do canteiro...
Quantas sementes boas temos guardadas em nossos corações?
Quantas lembranças boas, quanto sorriso, quanto desejo,
quanta força...
Porque permitimos que as lutas diárias,
que as pedras do caminho nos impeçam de florir...
Porque pacificamente, dia-a-dia nos tornamos
canteiros de terra seca, infrutíferos, cabisbaixos
e sem perspectivas?
Olhe dentro de você e verás que há sementes
esperando apenas um pouco de luz e calor
para florescer...
É só se dar uma chance.

A paz interior

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
A paz interior

Aconteça o que acontecer na sua vida, não perca a sua paz interior, ela é a força que você precisa para manter-se em equilíbrio mesmo durante as piores tempestades.

Nessa época de pessoas atormentadas por pesadelos, por frustrações e sonhos desfeitos, manter a paz é fundamental para não cair nas armadilhas da depressão.

A carga de informação que você recebe durante o seu dia, a pressão do trabalho, dos estudos e dos relacionamentos, acaba deixando seus nervos em pedacinhos.

Se você não estiver com o pensamento voltado para o seu bem estar, você não consegue manter o equilíbrio e ai, o seu fígado começa a sofrer as primeiras conseqüências, daí para as doenças do estômago como a gastrite, a úlcera e outros nomes não muito recomendáveis, é um passo.

É preciso que você coloque filtros em sua vida, e ao receber as notícias, sejam elas quais forem, analisar e rapidamente descartar o que não for realmente importante para sua caminhada.

Manter-se em paz é um exercício diário, porque muitos obstáculos estarão presentes no seu dia a dia, a começar pelo seu lar, onde sob o mesmo teto reúnem-se pessoas que não compartilham as mesmas idéias que você.

No trabalho outros problemas nos aguardam. Manter o emprego esta cada vez mais difícil, devido a enorme competição imposta pelas empresas entre os funcionários, tornando o clima às vezes "infernal e insuportável".

Para complicar tem o seu relacionamento que anda às vezes tão complicado por coisas tão bobas, que você fica pensando, será que vale a pena?

E quando você está a sós, fica imaginando que não nasceu para amar e ser amado, que os anjos te esqueceram e outras besteiras que a solidão causa.

Tudo isso e mais aqueles amigos que acreditam que você é poderoso e usam seu ombro como se fosse um grande muro das lamentações e deixam você mais carregado de energias nada boas.

Cuide-se enquanto é tempo. Para que sua paz continue, use estas regrinhas básicas:

- Use o bom senso ao ler as notícias.

- Pare de ir no embalo dos alarmistas de plantão.

- Ao entrar no local de trabalho, faça uma prece em silêncio e cumprimente a todos com alegria.

- Respeite-se, se não estiver com vontade de falar com ninguém, retire-se e pare de fingir que está tudo bem.

- Peça ajuda. Para ajudar alguém precisamos estar muito bem. Se você não estiver bem, esqueça, você vai prejudicar a você e a quem pediu ajuda. A paz é uma conquista daqueles que se amam.

- Ame-se pelo amor de você mesmo! Ninguém tem o direito de invadir a sua paz e se o estão fazendo é porque você está permitindo.

- Reveja seus atos. Para manter a sua paz vale tudo: banhos relaxantes, orações, terapias, e muito amor. A paz é um exercício diário.

- Sorria mais, relaxe, busque um cantinho dentro de você para ser feliz. Você é responsável pelo seu bem estar. Estando feliz, o outro seguirá o seu exemplo.

- Acredite em você.

- Valorize-se. Você merece muito mais do que tem hoje, e vai conquistar se mantiver seu pensamento voltado para suas conquistas, sonhos e desejos.

Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito. Um se chama ontem e outro amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer, e principalmente viver.



Gotas de chuva 2

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Gotas de chuva
Maria Eliete Oliveira da Silva


Gotas que molha o chão
Que leva vida ao sertão
Que faz nascer os grãos
Que enche o ribeirão

Gotas que molham as florestas
Que dos animais faz a festa
Que de branco se veste
E pra molhar tudo desce

Gotas mãe da natureza
Gotas que com certeza
De todos mata a sede
Com vigor e com pureza.

Gotas que as flores faz abrir
Que faz o agricultor sorrir
Que quando tardam nos faz refletir
E muita tristeza sentir.

Gotas, como é gostoso escutar.
No chão a água pingar
O nosso calor esfriar
Gotas benditas que caem pra o mundo inteiro lavar.

É a Primavera chegando...

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
É a Primavera chegando...
Guida Linhares

A natureza explode em cores e alegria.
É a primavera chegando com força natural.
São as flores explodindo em suas cores.
E tudo fica mais bonito, alegre e sensual.

As pessoas se abraçam e beijam sorrindo.
As crianças correm pelos jardins floridos.
E até os velhinhos mesmo trôpegos, passeiam.
pelas praças e alamedas, saudosos dos tempos idos.

O sol espreita carinhosamente espalhando seus raios,
para aquecer o homem e toda a pródiga natureza.
E os insetos esvoaçam livres por entre as plantas,
e tudo ganha a dimensão da mais esplendorosa beleza.

Primavera 11

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Natureza
Mensagens e poemas
Primavera
M. do Carmo de Assis


A primavera chegou
E nela trazendo amor
Os campos estão floridos
Chamando para admirá-lo
O seu belo esplendor

Veja quanta beleza
A natureza nos dar
Vamos todos nos uni
E desta beleza cuidar

Aprecie a natureza
Veja quanta beleza
Ela tem a nos mostrar
E que o homem conscientize-se
E não venha a maltratar

Que cada pétala de flores
Seja um toque de amor
Em todas as estações
No coração da nação.

Dois de Outubro

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Natureza
Dois de Outubro


Caminhando hoje pelas ruas
sentindo o vento frio no rosto
lembrei como era
um dia de sol de primavera.

Céu azul, borboletas bailando
e risos de crianças passando.

Hoje não tem nada disso.
Está tudo cinza.
O frio nos retrai
ficamos em casa, dormindo.


Carregando