Poesias e Mensagens Virtuais

Fui eu quem errou

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Desculpa

Fui eu quem errou

Zé-Ninguém

Mero passatempo que sou agora

Ainda pensei que de novo me amasse

Relembrei seu Amor de outrora

Achei mesmo, que nunca me desprezasse

 

Rasos, meus olhos estão de água

Outro dia ainda me olhava docemente

Sempre eu que fui e sou culpado

Este é e será meu fado

Logo sumiste de repente

Amor que foi a minha vida

Irresponsável que sou, má semente!

Não te respeitei, vida perdida

E agora que te quero, tu traída se sente

 

Maior erro que alguma vez fiz

Um dia de novo te procurar

Leis do destino que assim quis

Lembrei-me de novo te amar

E este Amor que tudo diz

Recordações que me fazem chorar.
Carregando