Poesias e Mensagens Virtuais

Quiido Papai do Xéu 2

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Categoria: Criança
Quiido Papai do Xéu

Pu favoi,
põe bastante zuízo nas zentes gandes.

Ensina eles a respeitá os bicinhos,
as forzinhas, as matas, os rios, as paias,
o mar e todo o ar do céu,
pa zente num picisá inalação nem inzeção
qui cura dodói e faz oto dodói.

Ensina eles a num bigá, num fazê tanta
cara feia, num zogá tanta bomba,
num dessá tanta zente sem casinha,
sem papai, sem mamãe, sem papinha.

Ensina eles, Papai do Céu, a ficar bem
quetinhos no seu colinho,
qui cura tudo lá dento du coração,
aí eles vão ficá bem milor,
bemmais bunitinhos!

I a zente vai podê tê futuio nessa
Terra linda qui cê deu pa nóis!

Tem pacênça, Papai do xéu,
eles apende!

Muito bigado.
Amém,
um bezo de tudas as criança.
Carregando