Poesias e Mensagens Virtuais

O agricultor

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Autores

O agricultor
Antônio Cândido Barone

Ele está lavrando a terra
Com chuva, sol ou calor;
Nunca deixa a sua roça
Nosso irmão agricultor!

Empunhando a sua enxada
Vive sempre capinando;
A lavoura vai crescendo
Quando o chão vai cultivando.

E vem da terra bendita
Toda a fartura e grandeza;
Da umidade do suor
Há de brotar a riqueza.

Vem dali o alimento
Que surge do sacrifício
Vem dali todo o sustento
Através do benefício.

Quando passares na roça,
Vendo alguém a trabalhar,
Cumprimente-o com respeito
Sem receio de abraçar!

Pois dentro da natureza,
Esse alguém - rosto suado –
Confundindo-se na terra,
É por Deus abençoado!
Carregando