Poesias e Mensagens Virtuais

Índio brasileiro

Nota 1Nota 2
Nota 3Nota 4
Nota 5Nota 6
Nota 7Nota 8
Nota 9Nota 10
Cantinho:
Categoria: Autores

Índio brasileiro
Antônio Cândido Barone

Vivendo na selva
De arco na mão,
O índio valente
Campeia o sertão.

Borduna ou tacape
É seu armamento,
Sua voz é harmonia:
Linguagem do vento.

São penas douradas
Seu lindo cocar,
Erguido na fronte,
Altivo, sem par.

Parece um gigante.
É bravo guerreiro,
De arco na mão,
Astuto, ligeiro.

Sua raça enobrece,
É homem sensato,
Embora vivendo
Sua vida no mato.

Ele é nosso irmão,
O dono primeiro
Do mundo que é nosso
- o chão brasileiro!

Por isso merece
Amor, liberdade;
Também o respeito
E a nossa amizade.
Carregando